Para compreender como tratar a dor de garganta, antes de mais nada é necessário compreender a causa do problema. Já dissemos que nos adultos as faringites ou as faringoamigdalites são, na maioria dos casos, de origem viral. As de origem bacteriana, causadas principalmente por Estreptococo (Streptococcus pyogenes), são menos comuns e afetam sobretudo crianças em idade escolar (5-15 anos).

É difícil distinguir as duas formas apenas com base nos sintomas: seria mais apropriado avaliar a presença de sintomas que necessariamente requerem a intervenção do médico.

Por exemplo, se o incómodo dura há vários dias, poderá ser necessário fazer o tampão faríngeo e, em caso de resultado positivo, iniciar a terapia antibiótica adequada. Por sua vez, o tratamento de faringoamigdalites virais consiste em intervenções sintomáticas destinadas a aliviar o desconforto causado pela inflamação. A terapia padrão prevê o uso de fármacos anti-inflamatórios, antisséticos e antipiréticos tanto por via tópica quanto por via oral.

Leia atentamente as advertências e as instruções de utilização.

Aboca